A esperança é que com a Disney + monopolizando o cinema infantil e infantilizado os demais serviços de streaming amadureçam seus portfólios