“The cost of a thing is the amount of what I will call life which is required to be exchanged for it, immediately or in the long run.”Henry David Thoreau

“We’re all going to die, all of us, what a circus! That alone should make us love each other but it doesn’t. We are terrorized and flattened by trivialities, we are eaten up by nothing.”Charles Bukowski

Achei que ia ficar deprimido depois de votar, mas a possibilidade de ser oposição a um governo formado e apoiado por idiotas parece divertida.

Esqueci de comentar, mas também assisti a Atlanta do Donald Glover. De um mote muito simples, conseguem extrair experiências maravilhosas justamente por uma estrutura de narrativa mais fluída. Cada vez fico mais convencido que estrutura de 3 atos é uma organização das experiências vivenciadas ou vistas, e não uma organização que precede a história.

Assisti a Maniac . Leva de forma bem interessante a discussão sobre realidade e relacionamentos; como o real se estabelece pelas relações que criamos e alimentamos ao invés de uma materialidade externa e objetiva. Os personagens são interessantes e a estética inicial, meio retrô tech com ares de Brazil, o Filme, casa bem com o início da história, mas depois fica esquecida. Em todo caso, apesar da estrutura narrativa bem tradicional, é uma das séries mais imaginativas que assisti nos últimos tempos e os atores são um espetáculo a parte.

In France, they used to call comics The Ninth Art. There’s a fair amount of evidence to suggest it was in fact the first. Warren Ellis

‘4′ 33″’ is not about silence at all, in fact, but the impossibility of it. This was something he discovered on visiting an anechoic chamber at Harvard University, supposedly a sensory deprivation experience, but during which he was aware of two droning sounds, high and low. These were, the duty engineer told him, the sounds of his nervous system and blood circulation respectively. And so the point of ‘4′ 33″’ is that it is the ultimate ambient piece: it consists of whatever sounds happen to fill the listening space while the musicians do not play – a passing car or overhead plane, perhaps, a shuffle, a cough or simply the sound of the venue’s central heating system. These sounds are now in the frame, just like the reflections of the observers of Rauschenberg’s black and white canvasses became their (albeit transient) subject matter.

MARS BY 1980, David Stubbs

Ainda sobre o mesmo assunto, ou não, ouvi o podcast do Team Human com a Parker Posey . A discussão sobre como a estrutura de 3 atos é uma espécie de prisão no modelo de reprodução e prazer masculino (complicação, climax e sono) dá um livro. Será que ele funciona tanto pois estamos acostumados ou há algum rigging no nosso cérebro que o favoreça?

Assisti a quase todos os episódios do novo show do Norm MacDonald no Netflix. É uma bela experiência de desconstrução dos talk shows. Não há justificativa para as entrevistas, nem uma estrutura clara. É uma nostalgia das conversas improdutivas e caóticas. Não é a toa que esteja com um rating tão baixo. As pessoas desaprenderam a lidar com o inesperado.